Vinho de sobremesa, entre os mais elegantes e agradáveis, é melhor se tomado jovem quando exprime toda a fragrância da uva: é o momento no qual se percebem nitidamente os toques de rosa búlgara e de fruta madura, o seu sabor é fresco, vivo e almiscarado.

brachetto

DENOMINAÇÃO:

Brachetto d’Acqui d.o.c.g.

VARIEDADE:

brachetto.

FERMENTAÇÃO:

em tanque de aço com maceração das cascas durante 36-48 horas em temperatura controlada até obter um mosto com 3% de álcool. Tomada de espuma em autoclave durante alguns dias. No fim, estabilização com refrigeração a -4 °C, microfiltração e em seguida o engarrafamento. Afinamento em garrafa durante algumas semanas.

CARACTERÍSTICAS:

cor vermelho rubi claro com reflexos púrpura, espuma vigorosa e perlage persistente.
Perfume: vigoroso, fragrante e aromático, marcadas as notas de fruta vermelha madura e rosa passa. Sabor doce, macio, delicado, frisante, persuasivo, com longa persistência
aromática. Acompanha morango, fruta silvestre, como pode também se harmonizar com a fruta seca; nozes, avelãs, amêndoas, pistaches, figos.
A combinação mais tradicional, com a sobremesa no fim da refeição ou no meio da tarde, é com os doces secos e com os doces de forno, do panetone de Natal às tortas.
Braida Brachetto d’Acqui talvez é o único vinho em todo o mundo que casa bem, sobretudo, com o chocolate.

Servir a 6 – 8 °C.

Visualização da etiqueta

Brachetto d’Acqui

Folha de dados em PDF

scheda_tecnica